Contando Histórias – Sapatilhas

Em 18 de outubro de 2011   Arquivado em Moda
Até o século XVI não se usava salto, até os homens usavam sapatos que lembram as nossas amadas sapatilhas, porém perderam seu lugar quando Catarina de Médici mandou colocar saltos em seu sapato de casamento.
Só voltaram a moda quando Brigitte Bardot (que fez 12 anos de Ballet) pediu a Rose Repetto que criasse sapatilhas que ela pudesse usar no dia a dia. Audrey Hepburn também usou as queridas “ballerinas” no filme “Cinderela em Paris” com um belo vestido de gala

Contando Histórias – Saias

Em 17 de outubro de 2011   Arquivado em Moda
Por volta de 1300 surge o corpete e com ele era usado uma saia até os pés ou com grandes caldas. No fim da Idade Média eram igualmente compridas, porém ricamente bordadas e com uma cintura bem apertada.
No século XVII e XVIII as saias não tinham mais caldas mas eram grandes para os lados, algumas exageradamente. Usadas com armações e anáguas.
Por volta de 1830 as saias ficaram um pouco mais curtas, na altura do tornozelo. Em 1840 perdeu o volume e a cintura desceu um pouco. 1920 a 1930 as saias encurtaram levemente, tinham um corte reto e começou a ser usado o modelo lápis, mas não tão curto.
Em 1960 as saias eram usadas com a cintura bem marcada e rodadas, comprimento um pouco abaixo do joelho. Neste mesmo ano surge a minissaia, não como as de hoje em dia, apenas um pouco acima do joelho. 1980 foi marcado pelo uso das saias balone.
Hoje em dia existem os mais diversos tipos de saias para a nossa sorte não é mesmo?

Contando Histórias – Relógio

Em 16 de outubro de 2011   Arquivado em Moda
Os mais antigos são o Relógio de Sol, o Relógio de Água e a Ampulheta.
O Relógio de Sol mostrava as horas de acordo com a posição do sol, O Relógio de Água são movidos a água (jura?) com a gravidade, no estilo da ampulheta.
Um Arcebispo construiu o primeiro relógio mecânico. Logo após vieram os relógios mecânico com pássaros que anunciavam as horas (cuco). Por volta de 1500 foi inventado o primeiro relógio de bolso.
Santos Dumont inventou então o atual e muito usado relógio de pulso, com ajuda de seu amigo Cartier.

Contando Histórias – Perfume

Em 15 de outubro de 2011   Arquivado em Beleza
Surgiu por volta de 2000 a.C. no Egito, foi muito usado pelas pessoas de alto poder aquisitivo. Era feito com um toque de frescor para o calor do Egito.
Os Gregos usavam perfumes que tivessem algum poder medicinal. A partir do século XII diversas fragrâncias eram usadas para higiene pessoal e prevenir doenças.No século XVI eram usados pelos membros da corte luvas perfumadas.
Curiosidade: Ao aplicar o perfume sobre a pele, o calor do corpo evapora o álcool, deixando apenas os aromas. Por isso o perfume e aplicado nas partes mais quentes do corpo como pulso, nuca e atrás das orelhas.

Contando Histórias – Terninho

Em 14 de outubro de 2011   Arquivado em Moda
As mulheres conquistaram muita coisa ao longo dos anos, e com peças de roupa não foi diferente. Pegamos dos armários masculinos muitas peças e uma delas é o terno.
Foi exclusivamente uma peça masculina até 1966, quando Yves Saint Laurent lançou ternos modelados para a silhueta feminina em um desfile que virou o mundo da moda de pernas para o ar. Desde então se tornou uma peça indispensável no armário feminino.
Página 2 de 812345678