Contando Histórias – Anéis

Em 02 de setembro de 2011   Arquivado em Moda
aneis1
Estou terminando de ler o livro As 100 + de Nina Garcia, ela faz umas explicações sobre as peças citadas que eu achei bem interessante. Por isso vou postar aqui durante vários dias histórias das peças de roupas, acessórios e outras coisas que eu gosto! Hoje vou começar com os anéis.
O anel antigamente era um símbolo de autoridade, respeito e muitas vezes podiam distinguir a classe social da pessoa que o usava. Anéis não são peças criadas a pouco, os gregos, romanos e outros povos antigos já usavam. Serviam para uma pessoa importante fechar acordos, selar cartas e muitas outras funções. Muitas profissões também tem seus respectivos anéis.
Hoje em dia os anéis são usados como peças de decoração das mãos e existem diversos tipos de anéis (eu mesma tenho um monte), mas a bastante tempo é comum ver pessoas usando anéis como forma de mostrar compromisso com alguém ou algo. Bons exemplos são o casamento, noivado, namoro, e muitas vezes até como símbolo de castidade (pessoas que prometem não terem relações sexuais antes do casamento).
Uma curiosidade interessante é que a aliança começou a ser usada no 4º dedo da mão esquerda porque acreditava-se que desse dedo saia uma veia direto para o coração, e acreditava-se que o coração era o centro das emoções e sentimentos.
Pode-se achar até mesmo anéis para dedos do pé, que muitas vezes usado pelas mulheres por questões de vaidade. Porém é usado na Índia para dizer o estado civil das mulheres. Usados nos dois pés para indicar que a mulher é casada. Pode ser feito de vários materiais, só não pode ser feito em ouro porque, para eles, ouro tem status de respeito e não deve ser usado abaixo da cintura. Já nos homens era usado para obter efeito curativo ou aumentar o vigor masculino.
Eu adoro anéis de todos os jeitos e vocês?
Página 8 de 812345678