Livros – Quadrinhos Star Wars

Em 04 de setembro de 2015   Arquivado em Livros

starwars01

Olhem bem para a foto e me digam como não amar esses livrinhos?! Eu já tinha visto fotos desses livros e o dia que achei para comprar no Submarino não pensei duas vezes, são tão apaixonantes que não resisti e comprei os dois e já quero os outros, Good Night Darth Vader e Jedi Academy (que ainda estão em inglês). Os desenhos que o autor faz são muito bonitinhos e as histórinhas são como se o Darth Vader tivesse criado os filhos e tivesse vivendo toda a história dos filmes enquanto seus filhos crescem.

starwars02

A Princesinha de Vader

Título Original: Vader’s Little Princess

Editora: Aleph

Autor: Jeffrey Brown

Sinopse: Há muito tempo em uma galáxia muito distante…

Episódio três e três quartos: A Princesinha de Vader

Darth Vader, Lorde Sombrio dos Sith, continua a governar o Império Galáctico e está empenhado em destruir a heróica Aliança Rebelde.

Nesse meio-tempo, ele precisa cuidar de sua jovem filha, Leia, enquanto ela passa de uma doce garotinha para uma adolescente rebelde.

starwars03

Darth Vader e Filho

Título Original: Darth Vader and Son

Editora: Aleph

Autor: Jeffrey Brown

Sinopse: Há muito tempo em uma galáxia muito, muito distante…

Episódio três e meio: Darth Vader e Filho

Darth Vader, Lorde Sombrio dos Sith, continua a governar o Império Galáctico e está empenhado em destruir a heróica Aliança Rebelde.

Mas antes que possa cuidar dos rebeldes, Lorde Vader terá de tomar conta de seu filho de quatro anos: Luke Skywalker…

 

O que eu achei dos dois livros: Não são livros no qual você vai ter uma penca de texto, afinal são quadrinhos, o livro ideal para aqueles que curtem a saga mas não curtem muito ler. Eu amei os dois e no dia que chegou não resisti e fui logo lendo. Desenhos muito fofos com detalhes que só os conhecedores das histórias de Star Wars vão perceber e apreciar. Os livros fazem algumas pequenas ligações entre si, tipo a Leia aparecendo ou sendo citada no livro do Luke e vice e versa.

O autor, Jeffrey Brown, é conhecido por fazer vários tipos de quadrinhos, inclusive autobiográficos. Adoro os desenhos dele e pra quem se interessar também pode ver mais quadrinhos aqui, no site dele.

São livros accessíveis, no momento estão custando em torno de R$14, pelo menos foi o que paguei por cada um.

Eu super recomendo!

 

Livros de Agosto

Em 30 de agosto de 2015   Arquivado em Livros

agosto2015

Chegou a hora de mostrar pra vocês os livros que eu li esse mês. Li dois livros da faculdade (de novo) e confesso que alguns eu gosto bastante, outros são quase uma tortura, li um que fala sobre cinema mas não foi pedido pela faculdade e li dois da serie Guia do Mochileiro.

Esse foi um dos livros pra faculdade e tive que ler no computador porque não achei para comprar e não daria tempo de esperar chegar comprando pela internet. Li para as aulas de Literatura e Narrativa Moderna.

Mrs. Dalloway

Editora: L&PM

Autora: Virginia Woolf

Sinopse: Num aprazível dia de verão do ano de 1923, Clarissa Dalloway, representante da elite londrina, se prepara para a festa que dará à noite. Ela sai para comprar as flores para a ocasião e, enquanto caminha pela cidade, os mais variados pensamentos ocupam sua mente – muitos dos quais não seriam adequados para uma dama da alta sociedade. Clarissa pensa em Peter Walsh, velho amigo cuja proposta de casamento recusou décadas atrás; repassa suas escolhas de vida, seus momentos de mais intensa felicidade, seu casamento com Richard Dalloway; pensa na filha adolescente, Elizabeth, em miudezas da existência e no esplendor da vida

Minha Opinião: Gostei do livro e da história. O acontecimento do dia é a festa, mas antes disso você faz uma viagem e se aprofunda um pouco na vida de cada personagem que estão ligados de alguma forma, mesmo que seja mínima. Pode parecer um pouco confuso para quem não está acostumado com esse tipo de narração pois ele alterna de um personagem para o outro e muda de assunto com um piscar de olhos, até mesmo para ter essa ligação entre os personagens que tanto gosto.  Achei uma leitura agradável e rápida.

 

O outro pra faculdade é um que eu comecei a ler semestre passado e só terminei agora porque acho que ele dá dados demais e isso acaba fazendo com que eu me perca um pouco na leitura por isso é meio torturante ler ele.

História Mundial do Cinema

Editora: Papirus

Autor: Fernando Mascarello

Sinopse: O livro concretiza uma proposta inédita no cenário brasileiro: apresentar um panorama horizontal da produção internacional dessa forma narrativa que chamamos “cinema”.

A aposta na dimensão diacrônica tem seus predicados. Percorrer este livro é deparar-se constantemente com a efervescência das tradições que reivindicaram para si o estatuto de cinematográficas. O cinema das origens, o cinema clássico, o diálogo criativo do cinema com o construtivismo, o expressionismo, o surrealismo, as particularidades da vanguarda cinematográfica chamada impressionista, o cinema realista e seu coroamento no neo-realismo, a chegada da modernidade com a Nouvelle Vague, os novos cinemas, o retorno de Hollywood, os grandes autores e as grandes personalidades da história do cinema, o pós-modernismo e o cinema documentário: o cinema no século XX é o universo que este livro se propõe a discutir – de partida, um desafio elevado.

Minha Opinião: Realmente um desafio elevado. Demorei bastante para ler esse livro. Acho que ele é muito completo sobre o que é vital saber sobre a história do cinema, porém acho também que ele cita muitas datas e filmes no meio dos textos e complicam o entendimento do assunto abordado. O que realmente quero dizer é que eu teria organizado esse livro de forma que cada tópico (características da vanguarda, diretores, filmes, etc) ficassem mais bem divididas, e não misturadas em um texto com turbilhões de informações. As vezes isso mais confunde do que ajuda.

 

O terceiro também envolve o meu curso, mas esse li porque achei interessante.

Setting Up Your Shots

Editora: Michael Wiese Productions

Autor: Jeremy Vineyard

Sinopse: Getting ready to shoot? Find the best shots to tell your story – fast! Using examples from over 300 popular films, this unique book provides examples of more than 150 camera setups, angles, and moves which every filmmaker must know. This best selling book – with its famous for wide screen format – is the “Swiss Army Knife” that belongs in every filmmaker’s took kit.

Minha Opinião: Não tenho outra coisa a dizer além de que ameeei esse livro com todas as minha forças. Pretendo comprar ele e os outros da coleção com toda certeza desse mundo. Ele esclarece o que todo estudante de cinema pode ter dificuldade de entender sobre vários aspectos. Tudo bem deixa eu me acalmar e explicar melhor! Primeiro de tudo devo avisar que ele é em inglês. Segundo que o que eu tanto amei é que ele explica sobre as técnicas básicas, de composição, movimento, câmera e edição. Ai quando você acha que não está entendendo direito ele te mostra com desenho como funciona essa técnica, dai quando você acha que mesmo assim não entendeu ele te dá exemplos de filme. Se você pensa “droga, vou ter que assistir um filme inteiro só pra entender isso e nem sei se vou conseguir” ele te diz exatamente qual é a cena. Agora me respondam, é pra amar sim ou claro?

 

Consegui ler, mesmo com uma penca de livro da faculdade, mais dois livros do Guia do Mochileiro.

O Restaurante no Fim do Universo

Título Original: The Restaurant at the End of the Universe

Editora: Sextante

Autor: Douglas Adams

Sinopse: O que você precisa fazer quando chegar ao restaurante no fim do universo? Devorar um suculento bife de um boi que se oferece como jantar ou apenas se embriagar com a poderosa Dinamite Pangaláctica, assistindo de camarote ao momento em que tudo se acaba numa explosão fatal?

A continuação das incríveis aventuras de Arthur Dent e seus quatro amigos através da galáxia começa a bordo da nava Coração de Ouro, rumo ao restaurante mais próximo. Mal sabem eles que farão uma viagem no tempo, cujo desfecho será simplesmente incrível.

Minha Opinião: Continuo amando esse jeito louco de contar a história com capítulos que, as vezes, começam sem pé nem cabeça. Questionando e criticando vários pontos de nossa existência e de coisas mais simples o livro conquista qualquer um que tiver o bom senso de embarcar na história. No primeiro livro a gente acha tudo um absurdo gigantesco. Agora que cheguei no segundo estou igual ao Arthur, começando a achar tudo possível, no livro é claro.

 

A Vida, O Universo e Tudo Mais

Título Original: Life, The Universe and Everything

Editora: Sextante

Autor: Douglas Adams

Sinopse: Após as loucas aventuras vividas com seus estranhos amigos em O Guia do Mochileiro das Galáxias e O Restaurante no Fim do Universo,Arthur Dent ficou cinco anos abandonado na Terra Pré-Histórica. Mesmo depois de tanto tempo, ele ainda acordava todas as manhas com um grito de horror por estar preso àquela monótona e assustadora rotina.

Talvez Arthur até preferisse continuar isolado em sua caverna escura, úmida e fedorenta a encara a próxima aventura para o qual seria forçosamente arrastado: salvar o Universo dos temíveis robôs xenófobos do planeta Krikkit.

Minha Opinião: Ao mesmo tempo que uma aventura acaba muitas outras mais loucas ainda começam com esses personagens, no terceiro livro já nem sentimos estranheza em tudo que acontece. Agora imagine você na Terra Pré-Histórica, sabendo tudo que vai acontecer e não podendo fazer nada.  Mas porque pensar nisso se já tem mais aventura chegando por ai. Estou tão acostumada a essas aventuras inimagináveis que só quero ler mais e mais para descobrir o que acontece.

 

Esses foram os livros que li esse mês. Para os interessados em cinema o segundo e o terceiro podem ser interessante, os outros, acredito eu, que possam ser atrativos para qualquer pessoa que, apenas, goste de ler.

Livros de Junho

Em 01 de julho de 2015   Arquivado em Livros
DSC_0290 (14) - Cópia - Cópia - Cópia - Cópia - Cópia - Cópia - Cópia
Vocês já sabem que eu amo ler e sempre mostro aqui pra vocês, mas uma coisinha vai mudar, ao invés de postar um por um vou fazer um post por mês falando dos livros que li no mês inteiro. Vai ter mês que vou ler um só e vai ter mês que vou ler uma penca, então preparem-se para os livros que li em junho.
Como eu estava em final de semestre achei que não ia ler nada esse mês, mas acabei ficando de férias da faculdade bem cedo e só faltavam provas do francês e alemão, desde a semana passada eu estou de molho na cama com o pior resfriado que eu já tive na vida, o que, obviamente, me deixou com bastante tempo livre sem conseguir fazer muita coisa, por isso consegui ler mais dois livros, um para a prova do francês e outro por lazer.
O primeiro não estava na minha lista para ler agora, mas ele é fácil e rápido de ler então em dois dias terminei.
O Guia do Mochileiro das Galáxias
Editora: Sextante
Autor: Douglas Adams
Sinopse: Não entre em Pânico. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect.
A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.
Minha Opinião: Um livro divertido e que brinca bastante com esse mundo extraterrestre. Leitura fácil, com alguns nomes esquisitos de pessoas e lugares. É uma série e já estou louca pra ler os próximos.
O Segundo é em francês e foi pra prova oral do meu curso de francês e também li ele em dois dias, mas dessa vez por puro descuido porque eu deixei pra ler na última hora.
L’Étranger
Editora: Folio France
Autor: Albert Camus
Sinopse: Sur les ruines d’un monde vide de sens, son héros, prêt à affronter l’épreuve de la mort, se dresse pour crier son amour de la vie.
Minha Opinião: O livro é dividido em duas partes, gosto da primeira parte , já a segunda acho muito repetitivo. Não é o livro que eu escolheria por livre e espontânea vontade para ler, mas foi uma experiência boa. Confesso que eu achei que não ia gostar do livro, bom, foi meio verdade, a primeira parte é super empolgante e da vontade de saber o que aconteceu e vai acontecer, mas acho que a segunda parte estragou isso.
O terceiro é de uma série que eu gosto muito, por se tratar de histórias engraçadas e relatar um pouquinho do mundo feminino. Já li todos o da série e esse era o único que faltava, o que me tirou da ordem um pouquinho porque eu não aguentei esperar, mas nada que atrapalhe a leitura.
As Listas de Casamentos de Becky Bloom
Editora: Record
Autora: Sophie Kinsella
Sinopse: Pela primeira vez a vida de Becky Bloom parece estar nos trilhos. Ela conseguiu um emprego de consultora de compras, no qual gasta o dinheiro de outras pessoas, e ainda é paga por isso. Mora num ótimo apartamento em Manhattan com Luke, o homem de sua vida, com quem abriu até mesmo uma conta conjunta!
Então Luke a pede em casamento. E a confusão se instala na vida do casal. A mãe dela quer um casamento na Inglaterra. A sogra, uma festa de cinema em Nova York. Becky precisa escolher onde vai se casar, mas não consegue, perdida na preparação de listas de presentes, provas de vestidos e escolha de bufê.
O tempo vai passando. E ela, de repente, percebe que está em grandes apuros. Como conciliar duas cerimônias, no mesmo dia, na mesma hora e em dois continentes diferentes? Tudo bem, o noivo é o mesmo. Mas será que ele vai resistir a tamanha confusão?
As Listas de Casamento de Becky Bloom é mais um romance muito divertido de Sophie Kinsella sobre uma mulher que não tem o menor controle sobre seu cartão de crédito.
Minha Opinião: Não consigo não gostar dessa série. É daqueles livros que dá pra ler rápido porque a leitura é muito leve e divertida. Adoro ver as confusões em que a personagem se mete e as maneiras doidas que ela arranja para se livrar. E vamos falar a verdade! Que mulher nunca deu uma de Becky Bloom?!
Espero que tenham gostado dos livros que eu li e que recomendo! Contem pra mim os livros que vocês andam lendo, adoro ter novos títulos na minha lista!

20 Livros Interativos para Relaxar e se Divertir

Em 09 de junho de 2015   Arquivado em Livros

Essa moda dos livros interativos pegou todo mundo de jeito e eu não sou exceção. Fazia muito tempo que eu não desenhava, coloria ou criava. Sinto muita falta disso e depois de começar com esse livros decidi voltar a desenhar sem  mais enrolações. Uma das primeiras coisas que desenhei foi o novo banner do blog com a tablet. Espero que vocês tenham gostado porque agora meu computador está consertado e eu vou voltar com força total!

Seguindo esse clima artístico vou mostrar pra vocês 20 livros interativos que me chamaram muito a atenção. Alguns deles eu já tenho, outros não, mas todos fizeram minha whishlist de livros aumentar!
Floresta Encantada
Editora: Sextante
Ilustradora: Johanna Basford
É um livro de colorir e caça ao tesouro antiestresse. Cheio de castelos, casas na árvore, floresta e animais encantados. Esse eu já tenho e acho os desenhos a coisa mais fofa, principalmente os unicórinos! Nele tem um poster gigante pra colorir com o desenho de um dragão.
Preço: 29,90

(mais…)

Livro – ISMOS

Em 14 de novembro de 2014   Arquivado em Cinema, Livros
Esse foi mais um livro que li pra faculdade, pra matéria de Estética e Cultura, ele é um livro interessante porque mostra os ismos dos filmes desde o cinema mudo até os dias de hoje. Existe também desta mesma coleção os ismos da moda, da arte, e de outros e eu acho que ele e deu uma lista muito boa de filmes que fizeram história.
Título Original: Isms: Understanding Cinema
Ano: 2010
Autor: Ronald Bergan
Editora: Editora Globo
Sinopse: A partir dos primeiros clássico do cinema mudo, este livro abrange toda a trajetória do cinema – desde a “época de ouro” de Hollywood, passando pela Nouvelle Vague francesa até chegar aos gêneros mais recentes, como o Minimalismo Asiático.
Cada capítulo aborda um movimento específico e explica o contexto de seu surgimento, o período histórico em que se desenvolveu, os principais diretores e os filmes que melhor representam a estética. Outros elementos que ajudam a compreender cada gênero são as indicações de suas obras-chave e principais características, alem da menção de estilos semelhantes ou antagônicos.
Com uma abundância de imagens, o livro proporciona um olhar panorâmico que permite compreender os caminhos da sétima arte. Dos filmes com temática adolescente a estéticas específicas, como o Expressionismo e o Cinema Noir, as grandes escolas são apresentadas de maneira clara e didática, com o objetivo de oferecer os instrumentos para o leitor explorar a riqueza do cinema.
Minha Opinião: Ele é um livro que te esclarece e te ajuda a perceber as tendências estéticas quando se esta assistindo um filme. Porém ele pode se tornar cansativo de ler, então eu recomendo lê-lo de forma pausada, capítulo por capítulo, e assistir os filmes que mais interessarem. Não leiam este livro pesando em termina-lo logo, pois isso pode mudar sua opinião completamente.
Página 2 de 71234567