Livros de Dezembro

Em 30 de dezembro de 2015   Arquivado em Livros

dezembro2015

Venho hoje para mostrar pra vocês os últimos livros do ano de 2015. Eu sei que eu leio bastante mas em dezembro só consegui (por vários motivos) ler 2 livros que, sendo obras especiais, acho que valem por mil.

Um deles é sobre Star Wars, então não tem como não gostar, o outro é um clássico e considerado o segundo livro mais lido do mundo (só perde para a Bíblia). Então como sempre vou falar mais um pouquinho de cada um pra vocês.

 

Manual do Império

Título Original: Imperial handbook: a commander’s guide.

Editora: Bertrand Brasil

Autor: Daniel Wallace

Sinopse: O Império tomou conta da galáxia. Com a expansão, oficiais do alto escalão de cada setor das forças armadas registraram diretrizes táticas e procedimentos, além de relatos de missões e documentos confidenciais para todos os comandantes recém-promovidos.

Na esteira da Batalha de Endor, a Aliança Rebelde interceptou este manual ultrassecreto e o fez circular por seus comandantes, que escreveram comentários e notas nas margens.

Minha Opinião: Um livro incrivelmente detalhado e instrutivo para aqueles que (assim como eu) sempre ficaram se perguntando como funcionavam as naves, as armas e detalhes que os filmes não esclarecem por completo (claro que por vários motivos e estudando cinema entendo perfeitamente), só que acontece que eu sou uma pessoa um tanto curiosa quando se trata de obras grandiosas como esta. O Manual do Imério mostra detalhes de como e onde são fabricadas as naves e armas e esclarece muito sobre os exércitos também, mas a minha parte preferida são os comentários da Aliança Rebelde, principalmente os do Han Solo. Um manual que todo fã de Star Wars deve ler, não importa de que lado esteja.

 

O Pequeno Príncipe

Título Original: Le Petit Prince

Editora: Companhia da Letras

Autor: Antoine de Saint-Exupéry

Sinopse: Nesta edição, depois de ler a história do piloto que encontra um menino do deserto do Saara, o leitor é convidado a fazer um mergulho na vida do autor e nos detalhes e curiosidades que envolvem a obra, em um profácio recheado de fotos inéditas e informações preciosas, escrito por Mônica Cristina Corrêa – encarregada também da tradução -, especialista na história da Aéropostale no Brasil e na obra de Saint-Exupéry.

Minha Opinião: Um clássico que atravessa gerações, uma pena eu não ter lido quando era criança. Claro que não é a primeira vez que eu leio, mas teria sido um prazer saber a minha reação ao lê-lo quando pequena, pois tento imaginar com que olhar eu enxergaria esse livro. Não é que eu não goste dele hoje, muito pelo contrário, mas como o próprio autor diz, a gente vê as coisas com olhos diferentes quando é criança. Essa edição é muito interessante pois, com ela, consegui saber um pouco mais da vida e das inspirações do autor. Outra curiosidade que tenho, agora que estudei francês, é ler a versão original. Quem sabe ela não aparece muito em breve aqui?!